Em meio à quaresma, escrevem os estudantes…

NA ESTRADA DA VIDA, AS FLORES ROXAS

O sol ia alto. Estava eu a caminhar, descontente com o calor do dia, pensando qual seria a tema do artigo que iria escrever. Em meu pequeno universo, tinha hipóteses monumentais. Talvez faria bem discorrer sobre as últimas notícias como a queda de meteoros e suas graves consequências, ou ainda sobre os assuntos correntes no Vaticano?

Caminhava agora em uma estrada cheia de cascalhos. A cada passo que dava, era uma lufada de pó que subia. Entretanto, para acompanhar o peregrino que por ai andava, foram plantados uns arbustos verdinhos, que, nesta época do ano, davam pequeninas flores roxas. Tal visão trouxe-me ao coração uma lembrança e aos lábios um sorriso.

Estamos na quaresma. A Santa Igreja trocou o verde do tempo comum pelo roxo da penitência. Penitência que Deus quer que seus filhos pratiquem para apresentarem suas almas puras e limpas. Isto porque o próprio Cristo, contador da parábola do Filho pródigo, não considera tanto o começo quanto o fim de nossas obras. Se erramos, é lamentável; mas Ele nos dá a capacidade de arrependermo-nos de sincero coração, consertando nossos atos, esperando de Deus, que não despreza um coração arrependido, a salvação eterna, e, com ela, a felicidade.

Quando me dei conta, estava parado, observando as florezinhas roxas. Como os desígnios de Deus são admiráveis! Se analisarmos o que constantemente vemos, descobriremos segredos que Deus quer nos revelar!

Portanto, caro leitor, cabe a nós, que, caminhando pelas estradas da vida, ao encontrarmos as flores roxas da quaresma, não nos façamos de cegos. É necessário que produzamos frutos de penitência como Deus nos pede, pois, verdade seja dita, não sabemos quantas flores de quaresmas ainda havemos de encontrar em nosso caminhar…

Guilherme Cueva

4 respostas para “Em meio à quaresma, escrevem os estudantes…”

  1. Sr.Cueva, além de nos reelembrar o apelo de CRISTO a conversão contínua, um retorno a DEUS.
    Neste artigo também podemos entender como é importante a MEDITAÇÃO, um forma de Oração.
    Conforme o Catecismo : A meditação é sobretudo uma procura. O espirito procura compreender o porquê e o como da vida cristã, a fim de aderir e responder ao que o Senhor pede.
    Fique em Paz

  2. Realmente, o amor e misericordia de Deus, estão presentes em nossas vidas sempre, principalmente na nossa caminhada. Que a quaresma seja realmente um tempo de penitencia e de aguardo a festa maior…. Ressurreição de Cristo. Parabens Guilherme.

Deixe uma resposta para Kindler Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *